#Portalacteo:Balança comercial de lácteos: Importações de leite em pó crescem 54% em agosto

Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A balança comercial de lácteos em agosto apresentou um déficit de 9319 toneladas, 46% maior do que o valor observado no míªs anterior. Considerando os dados em valor, o déficit foi de 34,9 milhões de dólares, 28,5% maior que julho, como pode ser observado na tabela 1.

Tabela 1 – Balança comercial de lácteos – Agosto de 2012

Em relação ao mesmo perí­odo do ano anterior, as importações do Brasil registraram ligeiro aumento de 0,5% em volume. No entanto, em termos de valor, as importações caí­ram 9,8% na comparação com agosto de 2011. Tal fato ocorreu devido í  queda na importação de queijos, produto de maior valor agregado na balança comercial de lácteos, que teve sua demanda de importação reduzida de 3700 toneladas em agosto de 2011 para 1700 toneladas em agosto de 2012. Esta redução no valor dos itens importados causou a diminuição do déficit mensal do saldo da balança comercial, que em agosto de 2011 foi de 38 milhões de dólares e em julho de 2012 reduziu-se para 34 milhões de dólares.

A análise do volume em equivalente-leite (a quantidade de leite utilizada para produzir um quilo de determinado produto), mostra que foram importados 88,35 milhões de litros de leite em agosto, aumento de 44,6% frente a julho e de 3,8% em relação a agosto de 2011, como pode ser visto no gráfico abaixo.


Fonte: MilkPoint, a partir de dados do MDIC

Após registrar queda de 6% entre junho e julho, as importações de leite em pó subiram vertiginosamente (54%). O volume importado de leite em pó subiu de 4.947 toneladas para 7.609. O principal fornecedor de leite em pó do Brasil foi o Uruguai, responsável por 4.325 toneladas, 57% da quantidade internalizada do produto. Os outros 43% foram importados da Argentina, que enviou3283 toneladas de leite em pó para o mercado brasileiro. No míªs de agosto, não houve importação de produtos lácteos provenientes do Chile.

Quanto í s exportações, houve crescimento de 14,6% no volume exportado e de 35,7% em valor. Isto se deve ao substancial aumento de leite modificado exportado, que foi de 419 toneladas em agosto frente a apenas 53 toneladas em julho.

Por Carlos Venturini

Mirá También

Así lo expresó Domingo Possetto, secretario de la seccional Rafaela, quien además, afirmó que a los productores «habitualmente los ignoran los gobiernos». Además, reconoció la labor de los empresarios de las firmas locales y aseguró que están «esperanzados» con la negociación entre SanCor y Adecoagro.

Te puede interesar

Notas
Relacionadas